ERVAS DESIDRATADAS

quarta-feira, 8 de maio de 2013 | Categoria(s): Dicas e Curiosidades Culinárias
  • Tempo de preparo: Min.
  • Rendimento: Porções
  • 1 Estrelha2 Estrelhas3 Estrelhas4 Estrelhas5 Estrelhas Sem votos
    Loading ... Loading ...

 Outro dia fui a um sitio com uma amiga, lindo, um pomar antigo com varias frutas, todas caindo, perdendo.
As pessoas que ali moram, sentadas na porta da casa numa inércia assustadora.
Fiquei imaginando quanta coisa faria com todas aquelas frutas caindo, apodrecendo no chão.
Compotas, geleias, polpas para sucos, isso tudo congela super bem por meses e algumas ate anos.
Sem contar que essas pessoas ainda poderiam ganhar dinheiro com isso. Literalmente porque tem ali fogão á lenha, madeira, e as frutas.
Estava ali tudo de graça a terra, o adubo orgânico e não tinha uma salsa e cebolinha plantada, nem uma “hortinha”, horrorizei.
Plantei em um vaso algumas ervas que sempre uso frescas em meus pratos. O vaso encheu tanto com o orégano (que, diga-se de passagem, é um tempero que utilizamos em quase tudo) que resolvi secar para usar mais tarde.
Secar ervas não é um processo difícil e nem é necessário nenhum equipamento. Existem várias técnicas, usei uma bem simples e artesanal.
Como vem na foto colhi os ramos pela haste e amarrei com um barbante com cuidado para não quebrar os caules e dependurei em um cabide (achei mais fácil) e coloquei em uma área coberta, que não bate sol, seca e bem ventilada, sem encostar na parede.
Deixei ali por duas semanas, retirei e coloquei os feixes secos em cima de uma toalha branca seca e desfolhei desprezando os galhinhos secos vejam o resultado.  Fantástico.
Muito simples

Enviar para e-mail

Comentários via Facebook:

Nenhum comentário no Blog:

Deixe seu comentário: