QUEIJO SERRA DA ESTRELA

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 | Categoria(s): Gourmetour – Dicas de Viagem

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-a

Portugal hoje é um dos destinos interessantes de se conhecer na Europa,  país acolhedor de um povo alegre,  diversidade que encanta  à todos, montanhas, praias lindíssima, serras e uma gastronomia que agrada até os mais exigentes.

Já tinha escrito uma matéria sobre este queijo maravilhoso, de cremosidade e sabor  incomparável, mas nunca tinha ido na origem, que é a Serra da Estrela. Chegamos em Celorico da Beira , uma vila portuguesa, com cerca de 5.000 habitantes, encontra-se a 500 m de altitude, tendo 50% de sua área integrada ao Parque Natural da Serra da Estrela. Mas o que queríamos ver mesmo era o processo do famoso queijo da serra. Então rumamos para o Solar do Queijo, um museu dedicado a essa iguaria que integra o patrimônio cultural e tradicional de Portugal.

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-h

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-f

A mão-de-obra utilizada nas queijarias é em sua maioria familiar, o que confere um ambiente único onde os segredos vão passando de avós para netas, numa tradição de séculos.

O fabrico deste manjar se inicia com uma seleção rigorosa do leite das ovelhas bordaleiras, em seguida  é coalhado quando entra em contato com sal e a planta flor do cardo, nativa da região.

É um queijo que não pesa mais de 1,7g , seu bouquet  é suave e ligeiramente acidulado,  possui cor branca ou ligeiramente  amarelada;  com massa semi-mole, meio amanteigada, deformável ao corte.

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-d

 

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-e

Hoje sua rotulagem é rigorosamente controlada, toda peça vem com um selo do DOP (Denominação de Origem Protegida). A melhor forma de comê-lo é abrir uma cavidade em cima e se deliciar retirando a massa com uma colher. Inigualável! Experimentem.

queijo-serra-da-estrela-maria-cecilia-candelore-c

Enviar para e-mail

Comentários via Facebook:

3 Comentários no Blog:

  1. Simone Novaes disse:

    Adorei essa matéria. Quando fazia o curso de Paisagismo no Rio tive a grata alegria de conhecer o queijo Serra de Estrela, que era trazido por Roberto Burle Marx a cada viagem que fazia a Portugal. Ele trazia vários e íamos ao Sítio degustar, assim mesmo, às colheradas. Muito bom relembrar, dá até pra sentir o gostinho cremoso do Serra de Estrela!

    • Maria Cecília Candelore disse:

      Realmente Simone, este é um dos queijos cremosos que estão na lista dos meus preferidos. Fui na fonte em Portugal, simplismente fascinante. Em São Paulo já comprei no Empório Santa Luzia. Abraços.

  2. Simone Novaes disse:

    Que bom saber! Na próxima ida a São Paulo vou comprar! Obrigada!

Deixe seu comentário: